Aprovada a criação do projeto de fomento à compostagem

por everton publicado 07/12/2020 16h25, última modificação 07/12/2020 16h25
A proposição é da vereadora Daniela Celuppi(PT).

Virou moda falar de preservação ambiental e compostagem. Entretanto, nem todos fazem a sua parte. Pensando nesta iniciativa, a vereadora Daniela Celuppi(PT) apresentou uma proposta, que foi discutida e aprovada em dois turnos, que consiste no projeto de lei “Composta Beltrão”, cujo objetivo é fomentar a compostagem de resíduos orgânicos domésticos em domicílios, condomínios residenciais e instituições públicas ou privadas. 

O projeto vai promover também o associativismo, a autonomia alimentar, além de reduzir, reutilizar e reciclar os resíduos sólidos. Caberá a Secretaria de Meio Ambiente de Francisco Beltrão desenvolver o projeto e orientar as práticas sustentáveis para que o “Composta Beltrão” seja na prática, uma ação viável.

“Vale lembrar que a compostagem é um processo que transforma restos de alimentos e resíduos orgânicos em adubo e reduz a quantidade de material enviado aos aterros da Cidade. Sendo assim, constitui-se em uma destinação final de resíduos ambientalmente adequada, conforme estabelece a Política Nacional de Resíduos Sólidos”, explicou a vereadora. 

Em contrapartida, aquele que adotar a compostagem do resíduo orgânico terá o direito de pagar a taxa mínima da coleta do lixo, podendo requerer o benefício até o final do ano, a partir do momento que a lei entrar em vigor.   

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.